A client couple  who spend most of the year sailing on a sailboat through the Mediterranean islands ask us to design a house in a condominium of a fisherman village of the northeast of Brazil.

 

  Their only conditions were  that the budget did not  exceed 400.000 rs  and that it had to be  finished in only 10 months (design+construction).

  The program should include an outside living area, laundry, kitchen, and three rooms where three couples can sleep with their respective children.

 

 Os clientes, um casal de amigos que passam grande parte do ano navegando em um veleiro pelas ilhas mediterrâneas, pedem-nos uma casa em um condomínio perto de um povoado no nordeste de Brasil.

 Sua única condição é que o orçamento não seja ultrapassado e que a obra esteja acabada em 10 meses.

 


 O programa inclui, além da ampla área externa de estar, lavanderia, cozinha, e três quartos onde seus filhos podem se hospedar com suas famílias.

BRA_0129.jpg

CASA BAMBU
 Praia de Pipa.RN. Brazil 2017

 

BRA_0135.jpg
CASA BAMBU - VILELA FLOREZ-9.jpg

  Given the limited time granted for design and construction , and with no time to develop MEP projects , we decide to place all the pipes directly along the façade , covered and hidden by the bamboo in a very straigh forward and economic solution.

 

 The program of the rooms is proposed inside a cubic volume that it is connected  by bridges to an outdoor living area paved in Portuguese stone. This living area is  protected laterally by two local- stone walls and shaded by a wooden roof. .

 

  

 Diante do escasso tempo para projeto e execução, foi proposto um volume simples para os dormitórios conectado através de pequenas pontes ao estar aberto, pavimentado em pedra como as tradicionais calçadas portuguesas.

 

 

 Este estar é protegido lateralmente por dois muros de pedra granítica e sobreado por uma cobertura de madeira.

 

 

  

CASA BAMBU - VILELA FLOREZ-8.jpg

  The volume of the bedrooms is executed in structural masonry of concrete block, creating vertical ribs with bamboo sticks inbetween  inserted in fishbone shape. The bamboo sticks shades the facade, helping the thermal behavior of the building.

  O volume dos dormitórios foi construído em alvenaria estrutural de blocos de concreto, formando lâminas verticais entre as quais se introduzem painéis de bambu arranjados em espinha de peixe. O bambu sombreia e ventila a fachada, contribuindo para o comportamento térmico do edifício, além de permitir a passagem dos elementos de instalações.

CASA BAMBU - VILELA FLOREZ-6.jpg
CASA BAMBU - Vilela Florez-1.jpg

 The house is oriented to the prevailing winds that crosses   the pool water  and the vegetation of the gardens to penetrate the bedrooms  as a way to fight the powerful tropical heat.

 

 The housing volume is painted in  Mediterranean blue, a color  that is so familiar to the clients from their sailboat trips.

CASA BAMBU - VILELA FLOREZ-7.jpg

 A casa se orienta aos ventos dominantes que passa pela água da piscina existente, atravessando a vegetação para entrar nos dormitorios, esfriando a brisa constante e refrescando o forte calor tropical.

 

 Além da paleta de cores naturais, que vão da madeira ao bambu e a pedra natural, o volume dos dormitórios foi pintado em azul mediterrâneo, uma cor tão familiar aos clientes.

CASA BAMBU - VILELA FLOREZ-2.jpg
BRA_9855.jpg
CASA BAMBU - VILELA FLOREZ-10.jpg
CASA BAMBU - VILELA FLOREZ-12.jpg
CASA BAMBU - VILELA FLOREZ-11.jpg
CASA BAMBU - VILELA FLOREZ-13.jpg
010_DD_001_P0-01.jpg
010_DD_002_P1-01.jpg
010_DD_003_ELEV-F.jpg
010_DD_004_ELEV-P.jpg

TEAM: Daniel Florez + Mariana Vilela  (VILELA FLOREZ)

GENERAL CONTRACTOR: Nadú (Arnaldo Sabugo) 

YEAR:2017

PHOTOS: Guillermo F.Florez + Maira Acayaba

BUILT AREA: 180M2

010_DD_005_ST.jpg
CASAS POR DO SOL - VILELA FLOREZ-54.jpg